A Bem Me Quero

12,00 

A Bem Me Quero

«Convido-vos a entrar neste Jardim e a sentir os subtis movimentos das pétalas das emoções que, como uma dança, vão criando um enredo, uma história que nos leva a uma realidade tão próxima, por vezes, tão silenciosa e escondida. É preciso uma certa subtileza para nas entrelinhas ouvir a verdadeira voz da Bem Me Quero [um malmequer], sentir a grande mágoa da Camélia e entender a estranha amizade da Bem Me Quero com a Margarida.

A história fala-nos sobre um fenómeno que não escolhe idade, classe social, raça, género ou contexto cultural, e pode afectar-nos em qualquer momento da nossa vida: o bullying.

Convido-vos a estarem atentos às vossas emoções, as presentes e as que certamente vão surgir perante o encontro com as personagens desta história.

O que fez a Bem Me Quero mudar de jardim? O que a fez procurar a companhia de outra flor?

Serão os afectos a necessidade vital da conexão com o outro?».

Raquel Rego (Médica Psiquiatra). Texto retirado do prefácio (adaptado).

Autora: Maria Amélia da Costa Lopes   Ilustradora: Ana Rita Afonso

Amostra grátis de ebook:

Mais livros Letras Lavadas

 

Em stock

Autores

Autora: Maria Amélia da Costa Lopes

Maria Amélia da Costa Lopes é licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com pós-graduação em Supervisão Pedagógica, pela UAC, e cursos de:  Formação de Formadores em Avaliação, pela Universidade dos Açores. Astrobiologia (Universidade dos Açores), ministrado por Carlos Oliveira— Universidade do Texas— Austin; Formação Pedagógica para a Área das Pescas;  Cozinheira de Bordo, e Radioamadora (indicativo CU7YL).

Enquanto professora, desempenhou cargos de:  Presidente do Conselho Executivo;  Delegada de Grupo ao Conselho Pedagógico;  Orientadora de Estágio;  Membro da Comissão de Formação e Dinamização Pedagógica;  Membro da Comissão de Avaliação da Escola;  Coordenadora da Equipa ProSucesso;  Diretora do Centro de Recursos; Coordenadora da Biblioteca, e Directora de Turma.
Outras Funções:  Presidente da GESTA – Associação para o Desenvolvimento Cultural, 2020 – Relações Públicas nas Termas da Ferraria, 2016/2018; Presidente da Associação de Fotógrafos Amadores dos Açores, 2015/2017; Assessora do Presidente da Assembleia Legislativa da RAA, 2000/2004

Publicações: – Amor e Sophia, Chiado Editora,2016 – A Cor da minha Alma, 1 Antologia de Poesia Contemporânea Ilustrada – lusófona, francesa, inglesa e espanhola – Associação da Amizade e das Artes Galego Portuguesa – 2015 – 55 Estrad(e)ando, Letras Lavadas, 2013

Autora dos programas de Rádio: – Politicando – Rádio Atlântida, 2007 -Do Som à Palavra RDP Açores, 2006 – Doce Entardecer – Rádio Antena 9,1996/19 97

Autora e encenadora da peça: Sophia, um enredo biobibliográfico, apresentada no Teatro Micaelense em 2019, pelo centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen

Ilustradora: Ana Rita Afonso

Ana Rita Afonso nasceu em 1962, em Lisboa. Professora desde 1986.  Licenciada em Design e com pós-graduação em Produção Visual pelo IADE.  Reside desde 1964 na Região Autónoma dos Açores.  Exerceu cargos de gestão administrativa e pedagógica na Escola Preparatória de Arrifes. Colaborou, como Designer Gráfica, na editora SIGNO. Criou um dos primeiros ateliês de Serigrafia nos Açores. Colaborou nas Oficinas de Arte do Centro de Educação Especial dos Açores. Docente no quadro da Escola Básica Integrada Canto da Maia, onde coordena a Ludoteca. Foi responsável pela ligação do Projecto da Escola EBI Canto da Maia aos Serviços Educativos do Museu Carlos Machado. Ilustrou o livro O Outro Lado – palavras livres como o pensamento, Aníbal C. Pires, Edições Letras Lavadas, 2014. Em 2015 expôs no Fonte Bar, Ponta Delgada, trabalhos em pintura a aguarela e café. Em 2016, no Centro Municipal de Cultura de Ponta Delgada, promoveu a
exposição TOCAR O MUNDO. Aguarelas e poesia, numa parceria com Aníbal C. Pires, Nelson Cabral, Rafael Carvalho e Renata Correia Botelho. Colaborou com a APPLA na ilustração do livro VOANDO… A UNIR O QUE O AR SEPARA, edição da Absoluto Fascínio e das Letras Lavadas, 2017. Ilustrações do livro, Toada do Mar e da Terra – volume I (2003/2008), Aníbal C. Pires, Edições Letras Lavadas, Ponta Delgada, em 2017. Foi responsável pelos Cenários da peça de teatro Sophia, um enredo biobibliográfico, 2019. Ilustrações do livro O Encanto dos Sonhos, Aníbal C. Pires, Edições Letras Lavadas, Aníbal C. Pires, Ponta Delgada, 2019.

Mais Livros Letras Lavadas

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 23.5 × 16.2 × 1 cm
ISBN

978-989-735-347-5

Edição

2021

Idioma

Português

Encadernação

Capa Dura

Editora

Letras Lavadas

Também pode gostar
Produtos Relacionados