Antigamente, era assim!

26.00

Antigamente, era assim!

No propósito do esclarecimento de mais tempos e de mais matérias do suceder histórico insular, esta renovada coletânea, que inclui textos sobre História e Historiografia, percorre os séculos, dos alvores da descoberta e da colonização até às incidências da frescal contemporaneidade, evidenciando uma pluralidade de matizes, da política e da administração, da economia, da estratégia, da população, dos movimentos migratórios e da organização da sociedade, da cultura, da religião e do quotidiano. De novo, impera a coexistência das análises mais particulares, indispensáveis na fixação da identidade, com os raciocínios mais gerais, úteis no entendimento da interdependência. Nos Açores, tudo isto é muito determinado pela omnipresença do mar, que historicamente provoca o isolamento nos longos invernos, dada a descontinuidade do território e o afastamento dos continentes, e suscita a mundividência nos cálidos verões, fruto da localização numa confluência de rotas transatlânticas, que ancora o progresso da globalização. Oxalá da leitura destas análises e destas reflexões persista, uma vez mais, a convicção da quotidiana utilidade dos estudos históricos, à luz do entendimento de que o conhecimento do passado facilita a compreensão do presente e auxilia na projeção do futuro.

 

(da Nota Prévia à 2ª. edição)

 

Mais livros Letras Lavadas
Autor: Avelino de Freitas de Meneses

Em stock

Informação adicional

Peso 1.120 kg
Dimensões (C x L x A) 23.7 × 16.5 × 5.6 cm
ISBN

978-989-735-189-1

Edição

01 -MAI – 2020

Idioma

Português

N.º Páginas

680

Encadernação

Capa Dura

Editora

Letras Lavadas