Liames E Epifanias Autobiográficas

18,00 

Liames E Epifanias – Autobiográficas – Chrónicaçores V(1949-2005) Uma Circum-Navegação

A escrita de Chrys Chrystello, neste livro, é mais uma sequência de memórias do que “crónicas”. O segredo está nos detalhes que incluem História, acontecimentos, nomes, datas, tudo num tom de linguagem muito pessoal que nos agarra de página em página, que nos apresenta a mundos conhecidos e desconhecidos, que contextualiza uma vida singular no meio das mais diferentes — por vezes, divergentes — culturas, línguas e modo de estar e ser que nos parecem estranhos, quando depressa nos damos conta da tragicomédia que a vida em toda a parte. Este estilo literário não é nada comum entre nós, preferimos o mexerico e maldizer do café ou das tertúlias exclusivistas que sempre proliferaram entre nós: Direi do autor o que uma vez um grande amigo residente no Canadá me disse: és um crítico americano que escreve em língua portuguesa.
Com Chrys Chrystello tenha, esta afinidade, sem nunca ser declarada: um pisado anglo-saxónico que nos transformou para sempre a nossa  identidade e visão do mundo, e isto sem nunca abjurar as nossas origens multisseculares e que nada ficam a dever aos nossos outros mundos íntimos e significantes do nosso ser como cidadãos do mundo. Só os provincianos estranham estas experiências entre os mais diversos povos e presença, ora conhecida, ora desconhecida, no mundo.

Vamberto Freitas

——

Autor: J. Chrys Chrystello

 

Em stock

DETALHES DO PRODUTO

Additional information

Weight 0,525 kg
Dimensions 23 × 16 × 2,1 cm
ISBN

978-989-735-410-6

Edition

2022

Language

Português

Bookbinding

Capa mole

Pages

286

Publisher

Letras Lavadas

SOBRE O AUTOR

J. Chrys Chrystello

Cidadão australiano que não só acredita em multiculturalismo, como é disso um exemplo. Desde 1967 dedica-se ao jornalismo (rádio, televisão e imprensa) e desde 1977 à tradução Tem mais de 20 obras publicadas desde 1972 em poesia, ensaio político e crónicas. Divulga desde 1985 a descoberta na Austrália de vestígios da chegada dos Portugueses (1521-1525, mais de 250 anos antes do capitão Cook) e a existência: de tribos aborígenes falando Crioulo Português (há quatro séculos). Lecionou Linguística e Estudos Multiculturais a candidatos a tradutores e intérpretes em Sidney na UTS (Universidade de Tecnologia de Sydney) e Assessor de Literatura Portuguesa do Australia Council (1999-2005). Mentor dos finalistas de Literatura da ACL (Association for Computational Linguistics. Information Technology Research Institute) da University of Brighton no Reino Unido {2000-2012). Revisor (Transiation Studies Department) da Universidade de Helsínquia (2005-2012). -Foi Consultor do Programa REMA da Universidade dos Açores, (2008 a 2012), Académico Correspondente da AGLP (Academia Galega: da Língua Portuguesa) Nomeado Vice-Presidente de PPdM para a Oceânia do Movimento Poetas do Mundo, e Membro do Pen International (Açores) 2019. Sócio do WPM (World Poetry Movement) 2022. Editor dos Cadernos (de Estudos Açorianos da AICL online. Preside, desde 2010, à Direção da Associação Internacional dos Colóquios da Lusofonia. Desde 2001-02 organiza os Colóquios da Lusofonia (36 edições, 2 ao ano) que editaram antologias de autores açorianos contemporâneos, muitos deles traduzidos por si para inglês.

 

Também pode gostar

Outras Sugestões