Flora Terrestre dos Açores – Guia de Campo – (Versão Português)

18.00

Flora Terrestre dos Açores – Guia de Campo

“Este livro de título “Flora Terrestre dos Açores” de Virgílio Vieira, Mónica Moura e Luís Silva, três investigadores da Universidade dos Açores de renome internacional, é uma valiosa obra de compilação para todos os que pretendam conhecer o valor ornamental das árvores, plantas herbáceas, suas flores e frutos, o seu potencial nutricional, assim como fitoterapêutico e sinergético de alguns dos seus componentes que nos ajudam a desafiar a herança genética e a prolongar a qualidade da longevidade. É um precioso trabalho que, sem dúvida, irá enriquecer todos os que tenham o privilégio de o ler.”

José António Bettencourt Baptista

Autores: Virgílio Vieira, Mónica Moura e Luís Silva

Em stock

Descrição

Virgílio Vieira

Virgílio VieiraVirgílio Vieira é doutorado em Biologia e investigador integrado no CE3C/GBA – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Climáticas/Grupo de Biodiversidade dos Açores, desenvolvendo as suas atividades profissionais de investigação científica no Departamento de Biologia da Universidade dos Açores. Interessa-se pela biodiversidade dos insetos, a ecologia e a evolução nas ilhas, com enfoque especial nos lepidópteros e odonatos dos Açores. Tem participado em projetos de investigação, visando o controlo integrado de pragas agrícolas. É autor e coautor de várias dezenas de títulos científicos, publicados em revistas nacionais e internacionais da especialidade, de livros e de vários capítulos de livros na área das ciências, colaborando com cientistas nacionais e estrangeiros. Dentre eles destacam-se os livros «Borboletas dos Açores: Papilionoidea e Sphingoidea», «Borboletas Nocturnas dos Açores», «As libélulas dos Açores e Madeira», «Chá dos Açores» e «A list of the terrestrial and marine biota from the Azores». É membro de várias associações científicas e culturais, incluindo o grupo IUCN Mid-Atlantic Island Invertebrates Specialist Group e a ABA – Associação de Botânica dos Açores.

 

Mónica Moura

Mónica Moura

Mónica Moura leciona e realiza investigação na Universidade dos Açores desde 1991. Inicialmente dedicou-se à Fisiologia Vegetal, tendo-se doutorado nessa área, desenvolvendo protocolos de propagação de espécies de plantas endémicas dos Açores, por semente e cultura in vitro. Mais recentemente, interessou-se pela genética molecular, encontrando-se a desenvolver projetos de investigação em Sistemática Molecular e Genética da Conservação, com espécies de plantas endémicas e nativas dos Açores. Tem lecionado várias disciplinas de mestrado e licenciatura nas áreas da Sistemática, Genética de Populações e Evolução, entre outras, e supervisionou vários estudantes de mestrado, doutoramento e pós-doutoramento. É membro fundador da ABA – Associação de Botânica dos Açores.

 

 

 

Luís Silva

 

LuíLuís Silvas Silva leciona e realiza investigação na Universidade dos Açores desde 1991. Inicialmente dedicou-se ao estudo das plantas invasoras, tendo-se doutorado em Ecologia Vegetal. Participou em vários projetos relativos ao estudo da flora e vegetação dos Açores, incluindo invasoras lenhosas e espécies nativas (propagação, genética populacional, conservação), tendo participado na elaboração das listagens de plantas vasculares dos Açores, na definição de espécies prioritárias em conservação, e na análise de risco de espécies invasoras na Macaronésia. Mais recentemente, tem trabalhado em projetos ligados ao estudo das pastagens e das florestas dos Açores, quer numa vertente mais aplicada, como seja o estudo da valorização energética da biomassa lenhosa, quer numa vertente ecológica, como seja a análise da diversidade florística e microbiológica de diferentes tipos de pastagem. No âmbito do ensino, tem lecionado na área da ecologia, da bioestatística e da estatística ecológica e ambiental, pelo que desenvolveu especial interesse pela modelação ecológica, nomeadamente usando métodos bayesianos. Atualmente, é docente na Faculdade de Ciências e Tecnologia, diretor do CIBIO-Açores, um centro de investigação integrado no InBIO – Laboratório Associado, e editor chefe da revista Biochemical Genetics, pertencendo ao grupo da IUCN relativo à conservação das plantas vasculares da Macaronésia. É membro fundador da ABA – Associação de Botânica dos Açores.

 

Mais Livros Letras Lavadas

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 20 × 13 × 2.4 cm
ISBN

978-989-735-289-8

Edição

2020

Idioma

Português

Encadernação

Capa mole

Editora

Letras Lavadas