REGULAMENTO DO I CONCURSO LITERÁRIO LETRAS LAVADAS 

CAPÍTULO I 
Âmbito
Artigo 1.º Instituição

 A editora Letras Lavadas promove a primeira edição do Concurso Literário denominado “Concurso Literário Letras Lavadas”.

Artigo 2.º
Objetivos

 

  1. São objetivos do Concurso Literário Letras Lavadas:

a) Levar a escrita mais longe;

b) Fomentar e consolidar hábitos de escrita e de leitura;

c) Promover a criatividade e a imaginação;

d) Divulgar novos autores.

 Artigo 3.º
Destinatários

  1. Este concurso destina-se a todos os interessados com residência em Portugal.
  2. Podem concorrer pessoas com idades desde os 16 anos.
  3. Quem já tiver livros publicados não poderá participar no presente concurso.
  4. Cada concorrente deve provar a sua nacionalidade portuguesa anexando à sua candidatura o documento da Junta de Freguesia de onde vive a comprovar tal informação ou outro que sirva o referido propósito.

Artigo 4.º
Modalidades

  1. São admitidas a concurso as produções escritas em Português nas seguintes modalidades:

a) Poesia;
b) Prosa.

  1. Os trabalhos devem ser apresentados em letra Times New Roman, n.º 12, espaçamento entre linhas de 1,5.
  1. Cada concorrente pode entregar no máximo um trabalho por modalidade, tendo cada um no máximo 100 páginas A4, não existindo número mínimo de páginas.

 

CAPÍTULO II
Organização
Artigo 5.º

Apresentação de Candidaturas

  1. Os trabalhos devem ser assinados com pseudónimo e entregues em envelope fechado e lacrado, em cujo rosto se deve escrever II Concurso Literário Letras Lavadas, junto à morada a remeter.
  2. Dentro do envelope referido no ponto um deve constar um documento com as seguintes informações: pseudónimo, identificação completa do(a) autor(a), morada completa, contato telefónico, endereço eletrónico, comprovativo de morada adquirido junto da Junta de Freguesia de residência e fotocópia do Cartão de Cidadão.
  3. Todos os trabalhos deverão indicar ao cimo da página a modalidade a que concorrem.
  4. Cada envelope deve corresponder a uma só candidatura.
  5. O envelope deve conter três exemplares impressos do trabalho a concurso.
  6. O candidato deve também juntar à sua candidatura o original do termo de responsabilidade, que segue abaixo, no qual declara nunca ter editado qualquer obra literária. O referido documento deve estar devidamente assinado e datado.
  7. O vencedor do concurso assinará um contrato de edição com a editora Letras Lavadas e, no caso de a mesma descobrir a existência de algum outro livro publicado pelo mesmo, debitar-lhe-á todos os custos associados à produção do livro em causa. O termo de responsabilidade acima mencionado também integra esta informação.
  8. Os trabalhos deverão ser entregues em mão ou enviados por correio registado (com identificação do autor e nome do concurso), até ao dia 15 de outubro de 2022 para:

Livraria Letras Lavadas
Largo da Matriz, n.º 69 R/C
9500-094 Ponta Delgada
São Miguel – Açores

Artigo 6.º

Júri

  1. O júri será composto por três elementos: Álamo de Oliveira, Leonor Sampaio da Silva e Paula de Sousa Lima.
  2. Os critérios de apreciação serão os seguintes: criatividade e inovação, qualidade literária, organização, coerência e coesão do texto.

Artigo 7.º

Divulgação dos resultados

  1. Os resultados serão divulgados a 15 de janeiro de 2023 no site das Letras Lavadas e na sua página de Facebook.
  2. O autor premiado receberá um email e um contato telefónico da organização com a informação. Os restantes concorrentes serão contactados via email.

CAPÍTULO III

Prémios
Artigo 8.º
Classificação e valores

  1. Apenas um trabalho sairá vencedor, sendo também reconhecido o valor de um outro com menção honrosa se tal se justificar.
  2. O vencedor terá a oportunidade de ver a sua obra publicada na editora açoriana Letras Lavadas.
  3. Realça-se ainda que poderá não haver vencedor, caso o júri não chegue a consenso sobre um trabalho que mereça tal prémio. Neste caso, não haverá edição de obra vencedora, mas haverá a hipótese de edição de obras finalistas.