CARICARTOONS

18,00 

CARICARTOONS

Livro com 200 caricaturas digitais concebidas pelo artista plástico José Carlos de Almeida, cujo objectivo é que, através do humor, se possa transmitir uma opinião sobre uma situação política ou social e, principalmente, criar uma imagem estética e psicológica da pessoa.

 

José Almeida, como bom artista em todas as artes, desde a pintura até à escultura, humanas, tem o dom de observar com acutilância o ser humano e a faculdade de lhe “tirar o retrato” com facilidade, talento que passa para o papel com contornos originais e o seu traço característico. É por isso que ao longo dos últimos anos tem reunido caricaturas, feitas digitalmente, de familiares, de amigos e de inúmeras figuras públicas que vão dominando a atualidade.
José Carlos Almeida encontra nesta sua faceta a possibilidade de extravasar o seu ímpeto criativo, de forma menos angustiante e mais pragmática, dando expressão à sua cidadania e ao compromisso com a realidade política e social.

Paula Cabral, in Prefácio (adaptado)

 

«Estas caricaturas registam momentos muito próprios da história de Ponta Delgada, dos Açores e do mundo. Com este livro, criou-se um arquivo que cataloga as nossas vivências, o momento em que fizemos parte desta sociedade e permite-nos entregar este legado aos nossos descendentes».

Pedro Nascimento Cabral, Presidente da Câmara de Ponta Delgada, aquando da apresentação do livro no dia 14 de Março de 2024.

 

Autor: José Carlos Almeida

Em stock

Partilhe nas suas redes:

DETALHES DO PRODUTO

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 23 × 16 × 2 cm
ISBN

978-989-735-514-1

Edição

Março de 2024

Idioma

Português (este livro não segue o Acordo Ortográfico de 1990)

N.º Páginas

218

Encadernação

Capa mole

Editora

Letras Lavadas

SOBRE O AUTOR

Autor: José Carlos Almeida (caricaturas) e Osvaldo Cabral (textos)

 

José Carlos Almeida

Nasceu em 1959, em S. Miguel, Açores, onde reside e trabalha. As suas aptidões artísticas começaram a revelar-se desde muito cedo, antes ainda de ingressar na escola primária, pois era ele que fazia os seus brinquedos que eram executados com grande perfeição e pormenor. É um artista autodidacta que tem desenvolvido o seu trabalho com grande empenhamento, pondo em prática os ensinamentos que tem recebido no contacto com outros artistas, visitando exposições e museus, consultando literatura e, principalmente, através de uma permanente e aprofundada observação da natureza, que considera ser a sua “musa” inspiradora.
Foi membro da Academia das Artes dos Açores, teve aulas com o pintor Aristides Ambar, a pintora Luísa Ataíde e a escultora Luísa Constantina. Na Escola Secundária Antero de Quental foi aluno do escultor Álvaro França, na disciplina de desenho.
Em 1986 realizou a sua primeira exposição individual de pintura, escultura e desenho, na Academia das Artes dos Açores, em Ponta Delgada. Desde então, efectuou 13 exposições individuais nos Açores, 1 nos EUA e participou em várias exposições colectivas.

Executou as seguintes obras públicas:

Grupo de três esculturas em pedra de basalto, para o exterior do Centro de Saúde de Vila do Porto, em Santa Maria.

Estátua do Cardeal D. Humberto de Medeiros, Arcebispo de Boston, colocada no Largo do Bom Despacho (Arrifes), em S. Miguel.

Monumento comemorativo dos 25 Anos da empresa Marques S. A. , colocado na entrada das suas instalações na Rua Joaquim Marques, Ribeira Grande, S. Miguel.

Monumento aos povoadores da ilha de S. Miguel, “A Porta dos Povoadores” colocado na Povoação, S. Miguel.

Monumento aos Combatentes do Ultramar, colocado em Ponta Delgada, S. Miguel.

Monumento ao cão de fila de S. Miguel, colocado em Vila Franca do Campo, S. Miguel.

Também pode gostar

Adicione aqui o texto do seu título

Outras Sugestões