Esperança Velha e outros poemas

14.00

Esperança Velha e outros poemas

“(…) Aníbal C. Pires mima-nos a alma com os seus textos poéticos, Ana Rita Afonso afaga-nos os olhos com as suas aguarelas. Vão, ambos, aninhar-se direitinhos num recanto do nosso  oração, aquele sítio onde as pessoas e as coisas que nos são queridas encontram morada.  Renata Correia Botelho, 2015

(…) Se nos poemas a palavra é livre como o pensamento, nas aguarelas a expressão artística é alta como as cores que dão horizontes ao universo… (…) Santos Narciso, 2018

“(…) Nem sempre é preciso ter preocupações com certos artifícios das palavras, elas próprias, por vezes, encarregam-se de se encaixar e dar forma aos seus dizeres quando escritas por certos autores. Livres ou estruturadas – como numa peça de jazz que nunca passa a uma pauta para deleite de quem aprecia esses improvisos da criatividade puramente emotiva – é quase como na gramática de Chomsky, estão já em nós, chegam-nos numa aprendizagem de todo normalizada e quase instintiva. (…) Vamberto Freitas, 2014

Autor: Aníbal C. Pires    Ilustrações: Ana Rita Afonso

Em stock

Descrição

Aníbal C. Pires

Aníbal C. Pires nasceu em 1956, em Castelo Branco. Professor desde 1974/75. Licenciado em Ensino de Educação Tecnológica e com pós-graduação e Mestrado em Relações Interculturais pela Universidade Aberta. Reside desde 1983 na Região Autónoma dos Açores. Exerceu diversos cargos como dirigente associativo desportivo e foi fundador, dirigente e colaborador de diversas ONG’s no campo das migrações e relações interculturais. É fotógrafo amador, tendo realizado e participado em várias exposições. Manteve, de 2003 a 2018, colunas semanais de opinião em vários OCS da Região Autónoma dos Açores. Foi comentador na rádio TSF Açores, na Rádio Clube de Angra e na rádio 105.FM. Foi comentador da SMTV. Foi membro da Assembleia Municipal da Ponta Delgada (2001/2005) Foi Coordenador Regional do PCP Açores (2005-2017) Foi Deputado do PCP à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores na IX (2008-2012) e X (2012-2016) legislaturas. Publicações:
Imigrantes nos Açores – representações dos imigrantes face às políticas e práticas de acolhimento e integração, Edições Macaronésia, Ponta Delgada, 2010 O Outro Lado – palavras livres como o pensamento, Edições Letras Lavadas, Ponta Delgada, 2014 Toada do Mar e da Terra – Volume I (2003/2008), Edições Letras Lavadas, Ponta Delgada, 2017 O Encanto dos Sonhos, Edições Letras Lavadas, Ponta Delgada, 2019

Ana Rita Afonso

Ana Rita Afonso nasceu em 1962, em Lisboa. Professora desde 1986.  Licenciada em Design e com pós-graduação em Produção Visual pelo IADE.  Reside desde 1964 na Região Autónoma dos Açores.  Exerceu cargos de gestão administrativa e pedagógica na Escola Preparatória de Arrifes. Colaborou, como Designer Gráfica, na editora SIGNO. Criou um dos primeiros ateliês de Serigrafia nos Açores. Colaborou nas Oficinas de Arte do Centro de Educação Especial dos Açores. Docente no quadro da Escola Básica Integrada Canto da Maia, onde coordena a Ludoteca. Foi responsável pela ligação do Projeto da Escola EBI Canto da Maia aos Serviços Educativos do Museu Carlos Machado. Ilustrou o livro O Outro Lado – palavras livres como o pensamento, Anibal C. Pires, Edições Letras Lavadas, 2014. Em 2015 expôs no Fonte Bar, Ponta Delgada, trabalhos em pintura a aguarela e café. Em 2016, no Centro Municipal de Cultura de Ponta Delgada, promoveu a
exposição TOCAR O MUNDO. Aguarelas e poesia, numa parceria com Aníbal C. Pires, Nelson Cabral, Rafael Carvalho e Renata Correia Botelho. Colaborou com a APPLA na ilustração do livro VOANDO… A UNIR O QUE O AR SEPARA, edição da Absoluto Fascínio e das Letras Lavadas, 2017. Ilustrações do livro, Toada do Mar e da Terra – volume I (2003/2008), Aníbal C. Pires, Edições Letras Lavadas, Ponta Delgada, em 2017. Foi responsável pelos Cenários da peça de teatro Sophia, um enredo biobibliográfico, 2019. Ilustrações do livro O Encanto dos Sonhos, Aníbal C. Pires, Edições Letras Lavadas, Aníbal C. Pires, Ponta Delgada, 2019.

Mais Livros Letras Lavadas

Informação adicional

ISBN

978-989-735-293-5

Edição

2020

Idioma

Português

Encadernação

Capa mole

Editora

Letras Lavadas