Temas de História Açoriana

18,00 

Temas de História Açoriana

Da vasta obra do autor, foram seleccionados alguns artigos bem oportunos pelo seu conteúdo pioneiro na historiografia açoriana ou pelo ensaio interpretativo que foge às visões tradicionais.
Assim acontece com a análise do período de resistência à entrada de Filipe II na ilha Terceira, em que o historiador vai para além da abordagem sequencial dos factos, aprofundando as lutas políticas e sociais internas que caracterizaram o único momento verdadeiramente revolucionário na ilha.
A ascensão e queda de heróis locais constitui outra abordagem inovadora, inserindo-as nas respectivas dinâmicas políticas, em torno de Brianda Pereira, Teotónio Bruges e Francisco Ornelas da Câmara.
A unidade e identidade regional mereceu uma longa análise, lançando pistas para uma interpretação mais alargada, buscando as suas raízes nos finais do século XIX. Esta dinâmica teve expressão prática na organização do lóbi açoriano.
A oposição ao Estado Novo, com a revelação de dados constantes dos ficheiros da PIDE, constitui um tema inovador, a que o autor dedica especial atenção em vários artigos.
Finalmente, a análise da evolução da economia açoriana no século XX, até à implantação do regime autonómico, está condensada numa síntese que realça não só os problemas estruturais herdados do passado, como a sucessão das diversas conjunturas que foram introduzindo lentos percursos de modernização, sem que os níveis de pobreza sofressem grandes alterações.
No seu conjunto, esta é uma obra que vem enriquecer o panorama da historiografia açoriana, numa perspectiva científica.

 

Para mais livros Letras Lavadas, clique aqui!

Em stock

Partilhe nas suas redes:

DETALHES DO PRODUTO

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 23 × 16 × 2,6 cm
ISBN

978-989-735-496-0

Edição

Novembro de 2023

Idioma

Português

Encadernação

Capa mole

Páginas

304

Editora

Letras Lavadas

SOBRE O AUTOR

Autor: Carlos Enes

 

Biografia

Nasceu (1951) na Vila Nova, ilha Terceira. Licenciado em História, pela Faculdade de Letras de Lisboa (1979), foi professor no Ensino Secundário, desde 1978. Exerceu também funções docentes na Universidade Eduardo Mondlane (1981-84), Maputo, e na Universidade Aberta (1996-2003), Lisboa. Orientador Pedagógico do Ramo Educacional do Departamento de História da Faculdade de Letras de Lisboa, 1988-89.

Mestre em História Contemporânea (1993), pela Universidade Nova de Lisboa, dedica-se há vários anos ao estudo da história açoriana. Com duas dezenas de livros e de artigos publicados, participou em colóquios e fóruns (cerca de 40) nas mais diversas instituições. Tem colaboração abundante na Enciclopédia Açoriana, edição online, na História dos Açores, editada pelo IAC, e no Dicionário de Educadores Portugueses.

No campo da etnografia aprofundou estudos sobre o Carnaval e as festas do Espírito Santo, na Terceira. Na área da cultura, comissariou várias exposições, participou em jurados para a selecção de obras a subsidiar pela DRAC, e foi membro do Conselho Regional de Cultura.

É autor do romance Terra do Bravo (2005), edição esgotada, de Cicatriz da Chuva, poesia (2016), A Oposição Democrática em Ponta Delgada – Das eleições de 1969 à Cooperativa Sextante (2020), edição esgotada, A Galope numa Noite de Búzios (2023), As danças do Entrudo (1980), A economia Açoriana entre as duas guerras mundiais (1994); Luís da Silva Ribeiro, Obras, vol. IV, Escritos Político-administrativos (estudo introdutório e a organização) (1995); A Casa dos Açores em Lisboa (1996); A Memória Liberal na Ilha Terceira (2001); Vila Nova – pelos caminhos da sua história (2011); A fotografia nos Açores (2011); Álbum Terceirense, 4 volumes (2007-18); Angra do Heroís­mo – Alma e Memória (2019).

Também pode gostar

Também pode gostar…

Adicione aqui o texto do seu título

Outras Sugestões