Gastronomia dos Açores

22,00 

Chegámos ao Corvo. Poderíamos presumir que, porque aqui chegados e pela dimensão da ilha, ao livro nada haveria a acrescentar. Enganar-se-á quem assim pensar. Apesar de para “nove ilhas”, poder ser suposta a existência de “nove cozinhas”, a gastronomia existe no Corvo, o que faz todo o sentido. Mesmo que a geografia e demografia nos remete para uma oferta mais restrita, ela não deixa de ser rica e diferenciada, como o constatámos. Exceção para a doçaria, que fica no segredo dos lares… além da que, por tradição, é feita pela comunidade, nas festas do Espírito Santo: arroz doce, massa sovada e biscoitos secos. Pelo Carnaval, fazem-se também, malassadas. As portas não têm chave. A riqueza e a pobreza são relativas —só têm em comum, o “Z” das palavras. O homem mais rico do Corvo, nas primeiras décadas do século XX, andava descalço como os outros e lavrava a terra com os filhos. Embora, hoje haja uma “especialização” — todos continuam a fazer de tudo, todos se ajudam — a gastronomia e afecto são património que nunca lhe roubarão.
———–

Autor: António Cavaco

Em stock

DETALHES DO PRODUTO

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 23.5 × 15.5 × 3 cm
ISBN

978-989-735-372-7

Edição

2022

Idioma

Português

N.º Páginas

456

Encadernação

Capa dura

Editora

Letras Lavadas

SOBRE O AUTOR

Também pode gostar

Outras Sugestões